Siga-nos nas Redes Sociais


CIDADE

SALOÁ COMEMORA 57 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA NESTE DOMINGO, DIA 20 DE DEZEMBRO

Publicado

dia:

Hoje, 20 de dezembro de 2020, a cidade de Saloá/PE comemora mais um aniversário de emancipação política, data que deve ser festejada por cada um de seus habitantes. Nossa pequena e acolhedora Saloá tem ao longo dos tempos se destacado no Agreste Meridional pernambucano entre uma das melhores para se viver. Com um clima gostoso, cativa a todos que passam por aqui. Atualmente o município possui uma vila e três povoados, que juntamente com os demais sítios, compõem esta linda cidade.

CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DE SALOÁ/PE: O topônimo Saloá tem origem na língua do tronco macro-jê, dos povos fulniores, habitantes da região, e segundo o escritor, jornalista e historiador pernambucano, Mário Melo, significa: Areia, Barro. A Sesmaria que atualmente constituem as terras de Saloá pertencia a Gerônimo Burgos de Souza e Eça. Foram vendidas a Manuel da Cruz Vilela em 23 de julho de 1712. O distrito foi criado e denominação de São Serafim pela Lei Municipal n° 60, de 04/03/1921, no município de Bom Conselho.

Em 1924 chegava aqui à família Xavier, vinda da Serrinha de Garanhuns, hoje Paranatama/PE. A Primeira casa construída no Município foi pelo Sr. Manoel Pereira Machado e a primeira missa foi celebrada no dia 30 de março de 1934 pelo Padre Alfredo Dâmaso, pároco de Bom Conselho à época. Em 1939 teve seu nome alterado para Barro, e em 31/12/1943, através do Decreto Lei Estadual n° 952 passou-se a chamar de Saloá. Foi elevada a categoria de Município, pela Lei Estadual n° 4.946, de 20/12/1963 tendo o seu primeiro prefeito nomeado o Sr. Antônio Alves de Souza.

A Primeira feira foi em 09 de janeiro de 1939. Bela Vista e Rua Nova também foram nomes atribuídos a Saloá/PE. O município limita-se ao norte com Paranatama, ao sul com Bom Conselho e Terezinha, a lesta com Garanhuns e a oeste com Iati e Pedra. Saloá está localizado na mesorregião do Agreste Meridional pernambucano, na microrregião de Garanhuns, inserida em sua maior parte no planalto da Borborema, com relevo suave e ondulado, uma porção de área leste localiza-se na unidade de maciços e serras baixas e vegetação predominante é a floresta caducifólia e subcaducifólia.

Administrativamente, o município é formado pela sede, um Distrito (Iatecá), e pelos povoados do Gigante, São Serafim e Serrinha da Prata. Sua economia está baseada em um comércio em expansão, turismo e uma agricultura com destaque para produção de milho, feijão, mandioca, café, fruticultura e culturas de verduras e hortaliça irrigadas. A produção de leite “in natura” do município é de aproximadamente 30.000 (trinta mil litros) dia, fazendo da pecuária de leite a principal fonte de renda do produtor rural, porém tem sofrido uma grande diminuição por conta da prolongada seca na região.

A feira livre é outro atrativo com centenas de barracas, onde se pode encontrar uma variedade de produtos produzido na própria região. As suas cachoeiras, o clima e o relevo são alguns dos maiores diferenciais de Saloá, o que pode propiciar a diversidade de cultivos e criações, além de um potencial ainda não totalmente explorado das diversas opções de turismo que podem serem instaladas no município. Os principais pontos turísticos do Município são o Sundown Park, Fazenda Brejo, Cachoeira do Coêma, Cachoeira da Lagoa da Colher (Cú do Bicho), Turismo Religioso da Serrinha da Prata com suas inúmeras igrejas e artesanato, além das festas juninas.

Seu primeiro prefeito foi o Sr. Antônio Alves de Souza, hoje, o município tem como gestor o prefeito Manoel Ricardo de Andrade Lima Alves e a Câmara de Vereadores é formada por: Osvaldo Ronaldo Alves Cavalcante, Carlos Eduardo Gomes Maciel, Rivaldo Alves de Souza Junior, Gilvan de Freitas Lucena, Tisley Vicente Silva, Vilma Lúcia Ferreira de Barros, Humberto Araújo Guimarães, José Francisco Curvelo, Reinaldo Barra Nova de Melo, Valdir Ferreira de Araújo e José Ailton Carlos  que possuem mandatos até o dia 31 de dezembro de 2020.

Geologicamente está localizado na província Borborema, sendo constituído pelos complexos de Cabrobó e Belém do São Francisco.

Distância do Recife: 256 km

Área 252,08 Km²

População: 15.309 Habitantes.

Densidade Demográfica: 59,61 Hab/Km²

Altitude: 745 Metros.

Código de Município no IBGE. 2612307

Clima Tropical Chuvoso, com Verão Seco

Bacia Hidrográfica: Rio Ipanema, São Francisco e Paraíba do Meio

Facebook

Mais Lidas