Siga-nos nas Redes Sociais


EDUCAÇÃO

SALOÁ TEM A MELHOR EDUCAÇÃO DO AGRESTE MERIDIONAL

Publicado

dia:

Saloá tem o melhor IDEB do Agreste Meridional! Com IDEB fixado em 5,9 o município fica com a melhor nota nos anos iniciais. Não é a primeira vez que publicamos aqui um resultado de excelência da educação do município de Saloá. Dessa vez trata-se do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) que é organizado pelo Ministério da Educação como um dos indicadores que serve para avaliar a situação da educação municipal, estadual e até de escolas particulares. Essa avaliação ocorre a cada dois anos nas turmas de 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio.

Os resultados do IDEB do município vêm em uma crescente constante desde 2013 conforme o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), saindo da nota 3,8 em 2013 atingindo 5,9 na última edição em 2019, se tornando assim a maior média dos anos iniciais do Agreste Meridional. A nota prevista para 2019 era de apenas 4,8, nota que já havia sido superada na edição de 2017. Para os anos finais a meta esperada para 2019 era de 4,5, no entanto o município conseguiu a nota 4,7. Assim além de superar a meta para 2019 atingiu a nota que estava projetada para 2021.

Importante mencionar que também vem de uma crescente constante desde 2013. Esses dados podem ser consultados no site do INEP. Esses resultados significam que nossos estudantes estão lendo melhor a cada ano e também conseguem resolver cálculos matemáticos mais complexos, ou seja, nossos estudantes saem da escola com aprendizado mais significativo. Tudo isso é fruto de um bom trabalho desempenhado pela Secretaria de Educação e por todas as escolas do município. Quando fala-se em escolas, trata-se de todos que fazem a escola:

auxiliares de serviços gerais, auxiliares administrativo, professoras, professores, estudantes, coordenadoras, coordenadores, gestoras e gestores. O resultado de um bom trabalho com a educação é visto apenas em longo prazo e aqui observamos que cada ação realizada hoje nas escolas é que possibilita em um bom desempenho futuramente. Conforme Rubem Alves: “a vida não pode ser economizada para amanhã. Ela acontece sempre no presente”. Nesse caso, o passado e o futuro são feitos hoje.

O resultado que se quer alcançar amanhã deve começar hoje e quando chega-se ao resultado final, olha-se para o passado e vêse que todo trabalho desempenhado trouxe resultados positivos. Desde 2017 a secretaria de educação iniciou o processo de reorganização do ciclo com o objetivo de cada prédio escolar recebesse estudantes de idades específicas e não como era antes, onde havia escola com crianças de 6 anos junto a adolescente de 14, 15 anos.

Em 2020 esse processo foi concluído, assim as escolas da sede recebem alunos conforme a sua faixa etária oportunizando espaço adequado para cada faixa etária, garantindo uma aprendizagem mais significativa tornando os estudantes mais críticos, participativos socialmente e com a consciência de seus direitos e deveres. Como disse Nelson Mandela: “a educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”.

Facebook

Mais Lidas